Madeira e Porto Santo

São as duas maiores ilhas do arquipélago, uma é conhecida como o “Jardim do Atlântico” e a outra como a “Ilha Dourada”. A Madeira e Porto Santo têm sido destinos de eleição, tanto por portugueses como por estrangeiros que reconhecem nas ilhas os atributos únicos para dias idílicos, passados entre a beleza das maravilhas naturais e o charme encantador de cidades e vilas.
Descobertas entre 1418 e 1419 por João Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo, desde cedo que às ilhas aportaram gentes de todas as partes do mundo. Se uns vieram para trabalhar nas plantações e para realizar transações comerciais, muitos foram os que vieram pela fama de serenidade e pelo clima de temperaturas amenas, tanto no Inverno como no Verão, muito ao gosto dos povos da Europa Central e do Norte. Por aqui passaram ilustres famosos, como a imperatriz Elisabeth da Áustria (Sissi), o Capitão Scott, George Bernard Shaw, Winston Churchill e a princesa Stephanie do Mónaco, entre muitos outros. Cristóvão Colombo viveu em Porto Santo e foi aqui que calculou rotas marítimas e planeou a viagem rumo à Índia por via atlântica. No centro de Vila Baleira permanece a sua casa, hoje convertida em museu.
De origem vulcânica, a Madeira e Porto Santo são ilhas muito diferentes: na primeira, floresceram jardins coloridos de vegetação única no mundo, há vales eternamente verdejantes e frutíferas plantações; na segunda, predomina um sentido de evasão presente nas mágicas areias douradas, na paisagem de vegetação rasteira e mais seca, no sussurro do mar. Juntas, estas ilhas combinam entre si num exotismo que cativa e faz regressar.
Para quem aprecia o ar livre, as ilhas não desiludem na diversidade a explorar. Na Madeira, os jardins, a floresta laurissilva, as levadas. Em Porto Santo, os passeios a pé, de bicicleta ou cavalo, o golfe ou o ténis. E no mar, a vela, a pesca, a observação de golfinhos e baleias, o mergulho e tantas outras atividades.
Seja qual for o seu estilo e a sua disposição, se procura aventura e adrenalina, se quer descansar e busca serenidade, se está apaixonado e quer viver o seu romance em pleno, a Madeira e Porto Santo são destinos que cumprem todas as promessas de felicidade.

A registar
Graças ao cuidado que a população e as instituições dedicam aos seus jardins, onde se pode apreciar a beleza de flores, plantas e árvores, algumas raras e únicas no planeta, o Funchal foi distinguido a nível internacional como ‘Cidade Florida Europeia 2000’, um prémio muito disputado pelas cidades da Europa.

A visitar
É possível observar em Porto Santo verdadeiras maravilhas de interesse geológico. Na ponta nordeste do Ilhéu de Cima, é de visitar o Cabeço das Laranjas e ver a espetacular concentração de fósseis de algas vermelhas, chamadas de “laranjas” devido ao seu aspeto e cor. E a oeste, visite a “Pedra do Sol”, antigos tubos de lava em forma raiada.